Não existe mais inovação sem sustentabilidade!





No mundo em que vivemos hoje, não podemos mais conceber a ideia do termo “inovação” estar separado do termo “sustentabilidade”. Um Relatório lançado esse ano pela ONU afirma e reafirma que se nós, seres humanos, continuarmos percorrendo essa mesma trilha, o lugar que chegaremos muito em breve não será nem um pouco satisfatório. Por isso, quero fazer um chamado logo de cara: se você é um ser humano e habita essa terra aqui, também tem a responsabilidade de nos ajudar a encontrar novas rotas, com um local de chegada melhor do que esse que está colocado a nossa frente.

A verdade é que estamos à beira de um grande colapso global em várias esferas — dentre elas, podemos citar a ambiental, industrial, governamental e social.

Ambiental, quando falamos do aumento de queimadas e desmatamentos ou do aquecimento global — que está piorando a cada ano — , da alta produção de lixo e do descarte inadequado de resíduos, tal como a poluição marinha e terrestre, que está cada dia mais em evidência, o extrativismo e por aí vai

Já na esfera industrial, podemos citar exemplos de: modelo de produção não sustentáveis, a exploração da mão de obra, má gestão, processos internos e externos que não focam no ser humano, produtos poluentes e descartáveis, modelos de negócios visando o lucro dentro do modelo ganha-perde, em que, para uma empresa ou marca ganhar, algo ou alguém precisa perder — geralmente o meio ambiente — , e muitos outros pontos no qual a indústria contribui para o colapso global, que eu poderia passar o dia inteiro colocando aqui.

No âmbito governamental, temos a alta cobrança de impostos, corrupção, leis que não favorecem a todos, políticas públicas não eficazes — que costumam contribuir com a desigualdade — , regimes autoritários e conservadores que desestimulam o progresso social, não atendendo às necessidades de minorias e de pessoas com vulnerabilidade social. Além disso, para atingir seus próprios interesses, travam-se guerras internas e externas numa tentativa de supremacia política e econômica.

Junto a isso tudo, ainda temos o colapso da esfera social ao vermos a desigualdade de gênero, baixa inclusão de negros no mercado de trabalho, direitos privados para a comunidade LGBTQ+, falta de acesso à educação de qualidade, grande números de favelas, racismo estrutural, crises econômicas, fome, doenças, alta taxa de mortalidade infantil, feminicídio dentre outros inúmeros casos que poderíamos citar.



INOVAÇÃO + SUSTENTABILIDADE

Muitas vezes, quando pensamos em inovação, pensamos também em tecnologia. Não é um pensamento de todo errado, mas não podemos relacionar os dois termos sempre, visto que a tecnologia é apenas um grande setor dentro da inovação — que também pode rever processos, modelos de negócios, formas de consumo e descarte, marketing, sociedade etc.

Já quando pensamos em sustentabilidade, geralmente ligamos apenas a definição limitada de preservação da natureza. Tal definição não está errada, mas incompleta, pois o princípio da sustentabilidade consiste que o crescimento econômico não deve ser resultado da degradação ambiental e do esgotamento de recursos naturaisuma prova de que estamos indo no caminho contrário à sustentabilidade é que esgotamos todos os recursos naturais que o planeta conseguia produzir para o ano de 2019 inteiro em apenas 7 meses (um recorde, pois nunca havia acontecido tão cedo), de acordo com o Global Footprint Network (GFN), e que se continuarmos nesse ritmo, até o final de 2019 teremos consumido o equivalente a 1,7 planeta terra.

Isso significa que quando atingimos o limite, em 29/07 deste ano, começamos a pegar emprestado e a colocar a conta no cartão de crédito do mundo, mas a conta só será paga, com juros, pelas futuras gerações. Isso nos prova que também estamos indo contra o Desenvolvimento Sustentável, que, de acordo com a ONU, procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas próprias necessidades.

A chave está na nossa capacidade de relacionar essa definição de desenvolvimento sustentável ao objetivo de diminuição da fome e da pobreza, por exemplo, e reconhecer que tanto a fome quanto a pobreza são provocadas pelo desequilíbrio ecológico e pelos modelos consumistas.

Com isso percebe-se que sustentabilidade não está apenas relacionada à preservação natural, mas também à preservação da vida e isso inclui todos os sistemas, desde os sociais, econômicos, educacionais, governamentais, empresariais etc.




É preciso repensar a inovação!

Hoje, “inovação” é um termo muito discutido e desenvolvido no mundo dos negócios e nas universidades espalhadas por todo o mundo. O “procurar diferentes caminhos de fazer algo de forma mais eficiente e simples” tem sido objeto de estudo e trabalho de vários profissionais e estudantes — inclusive deste que vos escreve. hi, there :)

Mas, no cenário atual, um processo considerado inovador que não for ao mesmo tempo sustentável não pode ser de fato inovador. Algo que não é pensado para solucionar o problema global de um sistema que já está levando o mundo à falência ou que não esteja desenvolvendo um produto ou serviço com responsabilidade socioambiental que coloque o “sustentável” como pilar não pode estar gerando uma inovação relevante pros dias de hoje.

Não estou insinuando que precisamos ser necessariamente gênios ou novos Elons Musksainda que, sim, eu sei: seria ótimo ter vários Elons Musks da sustentabilidade e da inovação social por aí (eu sei que tem). Na verdade, estou querendo dizer que nós somos os responsáveis por integrar a palavrinha “sustentabilidade” ao termo “inovação” e fazer com que isso seja praticamente obrigatório.


A partir de agora…

Depois de termos uma visão ampla do cenário global e o caminho devastador que estamos percorrendo, pode-se concluir que a sustentabilidade deve mediar nossos processos inovadores para repensarmos e recriarmos os modelos que, hoje, já não nos atendem mais. Dessa forma, cocriarmos um futuro em que tudo o que é criado, inventado ou reinventado esteja contribuindo para um desenvolvimento sustentável para todos e a criando futuros desejáveis onde haja espaço para mais inovação acontecer — pois ainda precisamos do nosso planeta para tal :)

0 visualização

NOS ACOMPANHE:

© 2020 por Grão Germinadora